Molho de tomate caseiro

A receita desta semana vai ser como uma peça de teatro em dois actos. Começamos hoje o primeiro passo – um molho encorpado, de vermelho intenso e com um sabor adocicado e acentuado de tomate. 

Mais saudável, feito com ingredientes frescos, sem conservantes nem aditivos que desconhecemos. Um bom molho de tomate caseiro é muito fácil de fazer e imbatível no que toca a despertar o palato. 

Esta receita só tem dois segredos. O primeiro: é fundamental escolher tomates que estejam bem maduros. O segundo: é ter paciência. Cozinhar a lume brando faz com que todos os sabores fiquem mais acentuados.

O melhor de tudo é que pode ser dividido em pequenas doses e guardado no congelador, estando disponível sempre que for necessário. 

Informação

Doses

1 litro

Preparação

10 minutos

Cozedura

30 minutos

Ingredientes

  • Cerca de 1 kg de tomate maduro

  • 200 g de pimento vermelho cortado em cubos

  • 1 colher (de sopa) de colorau

  • 1 colher (de chá) de mel

  • 2 dentes de alho ralados

  • 1 folha de louro

  • 1 haste de alecrim (só as folhas)

  • 1 cebola média picada

  • 3 colheres (de sopa) de azeite

  • Sal q.b.

  • Pimenta-preta q.b.

Passo a passo

  • Frite o pimento e a cebola no azeite quente até esta ficar macia mas sem ganhar cor.
  • Junte os restantes ingredientes e coza por 30 minutos em lume médio/baixo, mexendo de vez em quando.
  • Tire do lume, deixe arrefecer um pouco, retire o louro e triture tudo.
  • Guarde em frascos bem limpos e bem fechados, mergulhe-os totalmente (tampas incluídas) num panela cheia de água e leve a ferver por 10 minutos. Tire os frascos da água e deixe-os arrefecer totalmente. Guarde em local escuro e seco. Também pode congelar separado em porções para usar quando quiser.