Magret de pato com redução de vinho do Porto

Magret de pato com redução de vinho do Porto

Todos temos aquela ideia de que magret de pato é uma comida assim um bocadinho armada ao pingarelho, não temos? Um nome finório que nos faz logo lembrar estrelas Michelin. Ora aqui está uma boa forma de desmitificar esse preconceito. 

O magret nada mais é do que uma receita típica francesa que utiliza o peito do pato,  um delicioso pedaço de carne popularmente acompanhado com sabores agridoces

Se pensa que confecionar este prato é difícil, digo-lhe já que está muito enganado. O segredo está em saber cozinhá-lo (há alguns segredos!) e acertar no acompanhamento.  Nesta receita utilizo o tão tradicional vinho do Porto para fazer um molho de se ficar a salivar.

Se nunca provou, aproveite esta receita e delicie-se. 

Magret de pato com redução de vinho do Porto

Informação

Doses

4 pessoas

Preparação

10 minutos

Cozedura

20 minutos

Ingredientes

  • 2 peitos de pato

  • 2 cálices de vinho do Porto

  • 1 cálice de vinagre balsâmico

  • 1 colher (sopa) de mel

  • 1 colher (sopa) de manteiga

  • Sal q.b.

  • Pimenta q.b.

  • Puré de batata doce

  • Espargos verdes

Passo a passo

  • Arranje os peitos de pato, limpando as gorduras maiores e fazendo golpes em losango na pele, sem nunca atingir a carne.
  • Numa frigideira ainda fria, coloque o pato com a gordura voltada para baixo. Deixe ficar bem dourado e cozinhado, usando papel absorvente para limpar a gordura libertada. Tempere com sal e pimenta.
  • Vire o peito e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Transfira-o para um prato aquecido e deixe-o repousar por uns breves minutos.
  • Sirva o pato fatiado com puré de batata, espargos salteados e a redução de vinho do Porto.
  • Para o molho:
    Leve o vinho do Porto, o vinagre balsâmico e o mel ao lume, num pequeno tacho. Deixe ferver até reduzir, de modo a obter uma consistência xaroposa. Junte, então, a manteiga e, mexendo, deixe-a incorporar no molho de modo a que este ganhe um outro brilho e veludez. Os peitos de pato, enquanto repousam, largam algum suco que pode ser acrescentado a este molho.